Análise “Fate Hunters”

Fate Hunters é roguelike CCG, inspirado em jogos recentes como Darkest Dungeon e, principalmente Slay The Spire. Porém, ao mesmo tempo em que talvez não se compare, em qualidade, com o primeiro, na minha opinião consegue ser melhor do que o segundo no que se propõe.

Diferente de Slay The Spire, acho a criação de decks – bem como a manutenção de seu progresso – mais simples, porém de uma forma boa. É mais intuitiva, faz mais sentido. Em Slay The Spire é muito difícil precisar exatamente o quanto você progrediu depois de, digamos, 10 runs.

O ritmo das batalhas também é mais rápido. Também contando com diversos inimigos muitas das vezes, as batalhas podem ser resolvidas em menos turnos. Não que isso torne o jogo mais fácil, ele é apenas mais direto.

Isso tudo e o jogo ainda está em Accesso Antecipado. Definitivamente um jogo a acompanhar!

Nota final:

★★★★☆

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s